468x60px

sábado, 16 de agosto de 2014

Empresas de tecnologia dominam o ranking das marcas mais valiosas do mundo.

De acordo com uma pesquisa realizava todos os anos pela Millward Brown Optimor, onde é elaborado o ranking BrandZ, que mostra quais são as 100 marcas mais valiosas do mundo.

Esse ranking é produzido desde 2006, e leva em consideração o valor financeiro da empresa e todos os seus ativos, e soma esses valores combinando esse cálculo com a capacidade que a marca tem de captar e fidelizar novos clientes e consumidores.

Nos últimos anos esse ranking é dominado pelas empresas de tecnologia, que além de permanecerem no topo, são as marcas que apresentam a maior porcentagem de crescimento e de valorização.

Em 2013, a Apple liderava essa lista como a marca mais valiosa do mundo, mas esse ano foi ultrapassada pelo Google, caindo para a 2ª colocação, seguido pela IBM que assim como no ano passado continua em 3ª lugar no ranking. Em 4º lugar ainda tem a Microsoft, fechando a lista com as quatro primeiras posições dominada pelas empresas de tecnologia.

Em 2014, mais duas empresas de tecnologia passaram a integrar a lista top 100 das marcas mais valiosas, é o caso do Twitter (71º) e do Linkendin (78º). O Facebook ocupa a 21ª posição e foi a segunda marca que mais cresceu em comparação com o último levantamento.

Na America Latina, não teve nenhuma marca que ficou entre as 100 primeiras. Segundo o estudo as marcas mais valiosas dessa região são:

As marcas mais Valiosas da América Latina >>>>>>

Corona -  (U$ 8 bilhões) -  México
Skol - (U$ 7 bilhões) - Brasil
Falabella - (U$ 5,1 bilhões) - Chile
Brahma - (U$ 3,4 bilhões) - Brasil
Natura - (U$ 2,2 bilhões) - Brasil


As marcas mais Valiosas do Mundo >>>>>>



    Ranking BrandZ Global das 100 marcas mais valiosas   -    Fonte: Millward Brown
Para saber mais detalhes, sobre todas as marcas que integram o ranking top 100, você pode visitar o site http://www.millwardbrown.com. Você irá encontrar informações sobre como foi conduzido os estudos e o posicionamento da marca nos anos anteriores, além do crescimento e da valorização de cada empresa que compõe a lista.

                             Se você gostou deixe um comentário!


Leia também: