468x60px

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Qual a melhor área para procurar emprego?

Está procurando por um novo emprego? Conheça quais são os setores que, mesmo em tempos de crise, conseguem manter-se em um grau de estabilidade no mercado.

Com um cenário econômico recessivo e com a diminuição da produção e aumento do número de desempregados no país, aqueles que estão em busca de uma inserção no mercado de trabalho ou considerando mudar de emprego devem ficar bastante atentos e pensar duas vezes antes de agir por impulso e correr o risco de ficar desempregado ou levar mais tempo do que o esperado para encontrar uma vaga.

No entanto, mesmo com momentos de crise e queda de uma série de ocupações nos mercados do país, existem algumas áreas que são menos afetadas pela desaceleração econômica, como por exemplo o setor imobiliário, além dos setores de marketing e turismo. 

Fizemos um levantamento com algumas das áreas menos afetadas pela crise e nas quais você terá mais chances de encontrar trabalho.


1. Saúde
A área da saúde é uma das áreas que menos são afetadas diretamente pela crise e isso acontece porque as expectativas de médio e longo prazo auxiliam para uma maior e mais concisa permanência das contratações dessa área. 

Sem sombra de dúvidas, este é um dos setores em que a grande maioria das famílias resistem na hora de fazer cortes em seus orçamentos. Além disso, a presença aquecida dos planos privados de saúde contribuem e muito para que se tenha boas expectativas para o setor.

2. Tecnologia
A explosão tecnológica que vem ocorrendo no mundo inteiro desde 2000 também alcançou o Brasil e não para de crescer para todos os lados. Catho, um site de empregos muito conhecido no país, constatou que só no mês retrasado mais de 15 mil novas vagas surgiram para este setor, tais como desenvolvedor de softwares, programador, analista e técnico de suporte, gerente de TI, entre muitas outras vagas. 

Mesmo com o aumento da taxa de desemprego, o mercado virtual mantém-se aquecido e promete crescer ainda mais nos próximos anos, pegando carona no avanço descontrolado da indústria de marketing e tecnologia.

3. Vendas
O indivíduo especializado em vendas pode ser o queridinho de muitas empresas relacionadas à venda de produtos e serviços, incluindo a indústria virtual. Este profissional é o que pode virar o jogo em momentos de crise e conseguir trazer melhores resultados no segmento em que atua. 

Citemos a área dos supermercados como exemplo, onde o profissional de vendas se encarregará de firmar vendas por atacado.

4. Setor financeiro
Por maior que seja a crise, os profissionais deste setor ainda são demandados não só no Brasil, mas nos quatro cantos do mundo.

Os profissionais capazes de compreender o momento conturbado e de criar formas não só para evitar enxugar os investimentos, mas também para trabalhar na ampliação das vendas. Em particular, temos os setores de bancos e seguros, que estão resistindo fortemente à crise.

Está procurando por emprego?