468x60px

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Quais os Custos de Criar um Site

Cada vez mais empresas e profissionais procuram por possibilidades de se relacionar com clientes e terceiros. Um dos canais mais essenciais além de redes sociais é um site próprio na internet.

Apesar de ser uma necessidade que se torna mais barata com a demanda crescente, é importante ter ciência que a criação e manutenção de um site envolvem custos.

O primeiro passo é o registro do site. Domínio com final .br que custam em torno de R$30 anualmente quando adquiridos pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, o chamado NIC. Porém, é preciso configurar todos os passos manualmente e opções como proteção de dados do detentor que são limitados.

Muitos criadores recorrem por soluções mais completas em termos de serviço e proteção. Para usufruir estas vantagens com um domínio .br, os prestadores cobram mais caro e podem chegar a R$200 por ano. Mas a integração com outros passos essenciais de criar um site é facilitada.


Após registrar o domínio, o próximo passo é a hospedagem do site em um servidor. Tipicamente é necessário calcular com preços em torno de no mínimo R$10 a R$15 por mês para os planos mais básicos. Estes oferecem espaço e número de e-mails limitados, como encontra-se na Locaweb, 1&1 ou Hostgator. Para um site básico eles são mais do que suficientes.

Muitas empresas também tentam atrair clientes com promoções que custam menos de R$5 pela hospedagem e tem validade limitada como, por exemplo, um ano.

Pessoas e empresas com orçamentos apertados podem então optar por mudar a hospedagem periodicamente mas precisam lidar com dificuldades de transferir os dados e eventuais problemas de compatibilidade.

Caso não tenha conhecimento da parte técnica de montar um site, pode ser preciso contratar um especialista que geralmente cobra em torno de R$500 para montar o site de forma básica. 

Quanto mais sofisticado o site for mais caro o serviço ficará, porque pode ser preciso contratar um designer gráfico para dar um toque especial no site.

Quem tem facilidade de se adentrar em assuntos tecnológicos e está sem orçamento para estes profissionais, também pode recorrer alternativas praticamente prontas gratuitas como temas de Wordpress.

Após a instalação no servidor, o gerenciamento básico do site é bastante intuitivo e novas funções podem ser adicionais através de plugins.

Mecanismos de segurança contra hackers precisam ser implementados. Além de soluções profissionais que custam poucos reais por mês existem também alternativas gratuitas.

As pessoas sem orçamento algum, ainda podem criar sites em formato de blog com domínio blogspot.com e já ter todas as soluções inclusas. Porém esta solução não deixa uma imagem muito profissional.

     Se gostou deixe um comentário!

Leia também: