468x60px

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Qual a importância da memória RAM em seu computador ou celular

No mundo informatizado que vivemos hoje em dia, quase todos os dispositivos possuem dois tipos de memória: RAM (volátil) e a de armazenamento (não volátil).

Normalmente, em notebooks e desktops, a memória de armazenamento é o HD.

Apesar de a maioria das pessoas já ter ouvido falar dela, poucos realmente conhecem o que é e a importância da memória RAM para o desempenho do seu sistema – seja ele qual for.

Por isso selecionamos alguns aspectos importantes e iremos aborda-los nesse texto.

Então, o que é a memória RAM?
Primeiramente, ela recebe esse nome pelo modo de acesso a dados. “RAM” vem de “Random Acess Memory”, que em português significa “Memória de acesso Randômico”. Em outras palavras, os dados podem ser acessados diretamente, seja lá onde eles estiverem.

A grande maioria das pessoas ainda a confunde com a memória de armazenamento, tanto em casos de notebooks como dispositivos móveis (como celular e tablets, por exemplo). Na verdade, a memória de armazenamento desses dispositivos é feita de forma sequencial e por é mais lenta – uma vez que é preciso “varrer” a memória toda até achar o que deseja.

Na memória RAM é possível acessar os dados e arquivos diretamente, através de uma espécie de índice. Funciona como se o seu equipamento soubesse exatamente onde encontrar a informação que procura e vai diretamente lá, acessando-o de maneira muito mais rápida.

 
Vantagens e desvantagens da memória RAM

Por ser muito mais rápida, a pergunta que ficou é: então por que não se usa apenas esse tipo de memória? Na verdade, existem vantagens e desvantagens em seu uso e a arquitetura dos dispositivos é desenvolvida de forma a maximizar os aspectos positivos e minimizar os negativos, que são:

Vantagens:
  • Acesso aleatório a memória, tanto para escrita quanto para leitura de dados.
  • Velocidade muito maior, devido a vantagem acima
Desvantagens:
  • 1. Ela é volátil, ou seja, ao desligar o computador ou celular, tudo que existe nela se perde.
Por esses motivos, é de se entender o porquê de existir uma memória não volátil (HD), que guardará os dados e programas.

Então, qual a função da memória RAM?
Chegamos então na sua fundamental importância para o desempenho de todo o sistema. É nela que os programas abertos “ficam”. Por ser mais rápida e mais próxima do processador (onde tudo acontece), a arquitetura do computador maximiza o desempenho dos programas atuais dessa forma.

Então a execução de um determinado aplicativo, como o office, por exemplo, segue os seguintes passos:

1. O usuário clica em um programa para que este seja aberto;

2. Nesse mesmo momento, o processador faz uma requisição ao HD – que guarda esse programa;

3. O HD carrega o programa na memória RAM e então ele é executado. É nessa hora que o usuário recebe o acesso;

4. O usuário termina seu uso e fecha o programa;

5. Os novos dados são gravados no HD, de forma sequencial;

6. Qualquer vestígio desse programa é removido da memória RAM para poder dar lugar a outro.

Dessa forma, podemos entender porque um computador que possui pouca memória de acesso randômico acaba ficando lento. Não adianta ter um processador de última linha, que executa todos os cálculos e procedimentos de forma muito rápida, se a velocidade de transferência desses dados não segue a mesma velocidade.

Não adianta então escolher entre as melhores marcas de celular, ou notebook, se suas configurações não forem balanceadas. Não adianta possuir um processador de excelência com pouca memória RAM. Da mesma forma, um HD mais lento pode influenciar no desempenho do dispositivo, embora que em escala menor.

Obs. Hoje em dia já existem os SSDs, que nada mais são do que memória de armazenamento e são extremamente rápidos no acesso a informação. Não falamos dele nesse texto porque nesta data ainda é um “artigo de luxo”, uma vez que são muito caros e poucas pessoas possuem essa tecnologia.

Artigo desenvolvido por Lucas, do techtube.com.br 

Leia Também: