3 celulares são roubados por hora em São Paulo. - 3 celulares são roubados por hora em São Paulo.
Celulares Noticias

3 celulares são roubados por hora em São Paulo.

Dados da SSP-SP revelam que a cada ano cresce o número de casos de aparelhos roubados por criminosos no Estado.

É tudo muito rápido, seja com um criminoso passando de bicicleta ou uma abordagem a mão armada na rua, o roubo e furto de celular é uma cena recorrente.

A impressão de que esse tipo de crime só cresce é confirmada por dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP).

Em 2004, 5% dos roubos no Estado eram de celular; contra 40% dos casos em 2008. Os dados mais recentes, de 2016, mostram esse índice de roubos como 62% do total.

Só no ano passado (2017) foram 72 mil boletins de ocorrência relacionados a furto de celulares na capital paulista, segundo registros no Portal da Transparência da SSP.

Dados de 2016 até agosto de 2017, apontam que 3 aparelhos são roubados por hora na cidade de São Paulo. Locais com aglomeração de pedestres são os preferidos dos criminosos, com a região do centro liderando o ranking de crimes no município.

De acordo com o site ‘Onde Fui Roubado’: somente na última semana de Fevereiro foram 14.965 denúncias de roubos e furtos em São Paulo, o que faz com que a cidade ocupe o 1º lugar com mais registros no Brasil. Lembrando que nem todas as ocorrências são registradas.

Os dados não param por aí, desse número, 9.793 foram celulares. 60% dos casos acontecem à noite, e 39% das vítimas são mulheres.

Normalmente, a média de furtos em finais de semanas é de 382, entretanto, em finais de semana de carnaval subiram para 1.424. Esse foi um levantamento feito pelo G1, que nos mostra a elevação da taxa em 263%.

O bairro com maior número de registros é a Consolação, seguido pela Vila Mariana, Bela Vista e Pinheiros, onde acontecem os principais blocos carnavalescos da cidade. O prejuízo calculado no total é de aproximadamente R$ 40.468.680,64.


Não deixe de registrar o B.O

Policiais reforçam a importância da população registrar o roubo de celular com um boletim de ocorrência. Atualmente isso pode ser feito pela internet no site: ssp.sp.gov.br/nbo.

Agir rapidamente aumenta as chances de o celular ser encontrado e devolvido ao dono, mas, principalmente, serve para orientar o trabalho da polícia sobre zonas que precisam de mais atenção, evitando novos casos.

Para ter tranquilidade ao andar nas ruas, a solução encontrada por muitas pessoas é o seguro para celular. A Bem Mais Seguro  protege o seu aparelho contra roubo, quebra acidental e queda de líquido, com cobertura para diversos modelos de smartphone.


Todo cuidado é pouco

Cada vez mais, os usuários de celulares tiram fotos, conversam nas redes sociais, ouvem música, marcam reuniões… tudo isso enquanto estão andando ou dirigindo.

Daniela Fávero passou por isso recentemente. A diretora de atendimento estava parada em uma via da rua xxx e enquanto esperava o farol abrir foi abordada por um ladrão que quebrou o vidro do carro para pegar o celular que estava no painel.

Daniela coloca o celular em um suporte quando utiliza o GPS. Além do prejuízo do celular, a vítima também teve que consertar o carro.

Para Helena Alves, responsável pela BMS no Brasil, o seguro para celular é indispensável, principalmente nas grandes capitais. “Reagir a um assalto ou se recusar a dar o celular é muito arriscado. Com o seguro, a vítima tem a tranquilidade de que, ao menos, será ressarcida.”

Luis Carlos Sá
Formado em Análise de Sistemas, blogueiro e um apaixonado por tecnologia.
http://www.infotecblog.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.