Fake News - Celulares touch dobráveis? Conheça essa e outras fake news que surgiram na internet.
Atualidades Celulares

Celulares touch dobráveis? Conheça essa e outras fake news que surgiram na internet.

Notícias relacionadas a lançamentos de produtos e a acidentes causados por eles são as mais comuns que se propagam nas redes sociais sem serem verdadeiras. 


Em tempos de fake news, não são apenas as notícias falsas relacionadas aos candidatos à presidência que aparecem por aí. Infelizmente, as informações não verdadeiras se propagam na internet com muita rapidez e, muitas vezes, veículos grandes acabam caindo.

Saber diferenciar notícias completamente falsas de rumores, por exemplo, leva as pessoas a fazerem muita confusão com relação ao que já aconteceu ou não. Em algumas situações a mentira é óbvia, mas em outras é difícil checar os fatos.

No mundo da tecnologia não é diferente. Produtos aparecem e somem sem deixar vestígios, assim como acidentes são atribuídos a certos aparelhos quando, na verdade, não foi bem isso o que aconteceu. Nesse artigo, apontaremos algumas dessas notícias falsas que circularam por aí.


» Celular dobrável: do mito à realidade

Já faz pelo menos uns quatro anos que todos os anos surge a informação que “o próximo celular da Samsung será um modelo dobrável”. Para embasar essa ideia, sempre há um “especialista ligado à indústria” para afirmar que essa era a próxima aposta da empresa.

Até hoje, tudo não passou de um rumor, alimentado muito mais pelo desejo dos consumidores em verem algo assim do que em um produto já pronto e em vias de chegar ao mercado. De tanto que se falou, entretanto, parece que ele vai se tornar realidade.

No mês de setembro, pela primeira vez a Samsung oficialmente veio a público, por intermédio do seu presidente, para confirmar que, finalmente, o primeiro celular dobrável da empresa será lançado. A expectativa é que ele seja apresentado ainda em 2018.


» Homem teve a mandíbula destruída pela explosão de um celular

É possível que você tenha recebido no seu WhatsApp uma notícia chocante de que um homem teve a sua mandíbula destruída por conta da explosão de um celular próximo ao rosto. As imagens eram chocantes e mostravam um homem deitado em uma maca todo ensanguentado.

Esse é um exemplo de modificação do contexto da informação. As imagens, infelizmente, são verdadeiras, mas a causa do acidente foi outra: o rapaz em questão acendeu um explosivo na boca por não aceitar o fim de um relacionamento.

A notícia falsa dizia que o acidente em questão havia sido causado pelo curto circuito em uma corrente elétrica no aparelho durante a recarga. Um fato como esse pode até ocorrer, mas felizmente não foi esse o caso.


» Explosão de um posto de gasolina causada por um celular

Outra notícia muito popular em grupos de família é a de um carro que explodiu em um posto de gasolina, supostamente por conta de um celular. O fato é que as imagens da explosão e o acidente em si de fato aconteceram. O ocorrido foi na cidade de São Paulo, em abril de 2017.

Entretanto, diferente do que as correntes de WhatsApp afirmam, o motivo da explosão não foi um celular. Especialistas consultados na época destacaram que seria impossível que um smartphone causasse um acidente dessa magnitude.

A razão do acidente, portanto, permanece sendo um mistério e o resultado das investigações acabou não sendo divulgado. Entretanto, a probabilidade de que esse fato tenha sido causado pela explosão de um celular é remota, o que torna a afirmação falsa.

Fake News

» Acidente com celular em Alagoas mata família inteira

Uma família inteira na cidade de Cajueiro, em Alagoas, morreu em razão da explosão de um celular. A notícia falsa que circulou por aí dizia que por conta do acidente com o aparelho houve um incêndio e nele uma mãe e seus dois filhos acabaram falecendo.

O que aconteceu de fato, segundo a apuração da reportagem do G1, foi que um fio desencapado acabou encostando em um varal de arame e isso gerou um curto-circuito. O curto provocou o incêndio da residência da família, vitimando a mãe.

Dois filhos dela morreram ainda no mesmo acidente, porém tentando salvar a mãe das chamas. Apesar da confirmação da infelicidade, é importante salientar, mais uma vez, que a causa do acidente não foi o aparelho de celular.


» O Facebook vai cobrar assinatura dos seus usuários?

Fechando a nossa lista temos outra fake news que existe desde os tempos do Orkut, mas que volta e meia ressurge novamente nas correntes via celular: a de que o Facebook – ou qualquer outra rede social – passará a ser paga.

Felizmente, nenhuma empresa responsável por redes sociais – Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn ou qualquer outra – declarou em nenhum momento que tem intenção de cobrar para que os usuários tenham acesso ao serviço. Isso, inclusive, seria inviável dentro do modelo de negócios.

O que pode ocorrer é que essas plataformas adotem recursos diferenciados e cobrem por eles, mas o acesso em si a tudo o que já existe hoje não passará a ser cobrado. Portanto, se vir alguém compartilhando algo assim, desminta imediatamente e não ajude a propagar fake news.


♦ Seguro para celular: esse vale a pena de verdade

Se alguém disser para você que seguro celular só vale a pena para aparelhos mais caros, desminta. Com valores de mensalidade acessíveis, uma proteção extra para o seu smartphone garante mais tranquilidade em casos de furtos e roubos.

Aliás, os smartphones intermediários estão entre os mais roubados no país, especialmente pelo fato de ser mais fácil comercializá-los de forma ilegal. Portanto, independentemente do seu modelo de celular, adote uma proteção para ele.

Fonte: Bem Mais Seguro

Luis Carlos Sá
Formado em Análise de Sistemas, blogueiro e um apaixonado por tecnologia.
http://www.infotecblog.com.br/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.