acões de Trade Marketing - Qual o futuro do trade marketing?
Atualidades Negócios

Qual o futuro do trade marketing?

Para crescer o volume de vendas e atrair a atenção do cliente, apostar nas estratégias de trade marketing é fundamental.

No entanto, a mudança dos hábitos dos consumidores alterou de forma significativa a dinâmica entre a indústria e o comércio varejista, obrigando os gestores de trade a ficarem cada vez mais atentos ao uso da tecnologia.

Além do uso de um app de trade marketing e de softwares para acompanhar o desempenho dos produtos no PDV, é preciso pensar também em estratégias voltadas para o ambiente digital.

Quer saber qual o futuro do trade marketing e como a tecnologia pode ajudar? Então continue a leitura!


Quais as novas estratégias de venda usadas pelo trade marketing?

O consumidor está na internet e já não temos mais como ignorar esta realidade. A gestão de trade marketing precisa acompanhar essa transformação.

Caso você ainda seja leigo no mercado online, é preciso se planejar bem para ganhar espaço e alavancar suas vendas. Para isso, é fundamental:

  • conhecer os hábitos online dos seus revendedores e distribuidores;
  • estabelecer uma comunicação com a cadeia de abastecimento, e assim garantir o relacionamento online;
  • segmentar os clientes com a ajuda de ferramentas online. Assim, você pode diferenciar suas ações de acordo com o tipo de relacionamento que deseja estabelecer com os parceiros de negócio;
  • criar conteúdo relevante para gerar autoridade para seu produto;
  • criar estratégias que facilitem as compras online.
Trade Marketing aumenta vendas e atrai clientes - Qual o futuro do trade marketing?

Como a tecnologia está mudando as estratégias de venda para o consumidor final?

A internet revolucionou os hábitos de consumo. Hoje, o cliente vai ao PDV já com as informações sobre o produto, na busca por uma experiência com eles. Dessa forma, já se pode observar uma tendência pelo autoatendimento não só no ambiente digital, mas também no físico.

Essa realidade pode levar as lojas físicas a se tornarem verdadeiros showrooms. Isso significa que o consumidor pode ter seu primeiro contato com o produto in loco, mas poderá finalizar a compra pela internet.

Assim, independentemente das tendências de compra, o futuro do trade marketing está fortemente relacionado à tecnologia da informação. Portanto, é preciso estudar, analisar, investir e inovar para acompanhar as novas tecnologias e as tendências de mercado.


Case de sucesso: Amazon Go

A Amazon, gigante das vendas on-line, resolveu surpreender ao inaugurar uma loja física com um formato diferente: a Amazon Go. O ambiente é totalmente automatizado e promove o autoatendimento, o que otimiza o tempo do cliente.

Na entrada, os consumidores são identificados pelo smartphone. Ao entrar na loja, eles escolhem o que querem nas prateleiras, e ao sair, não precisam passar pelo caixa, pois o carrinho virtual é atualizado automaticamente no aplicativo da Amazon. A conta chega na fatura do cartão de crédito.

Essa tendência não está tão longe de chegar ao Brasil, já que os consumidores têm buscado incessantemente novas experiências que ofereçam praticidade e conforto.

Portanto, é importante observar que essa mudança de formato nos PDvs exige da gestão de trade marketing novos olhares, e a busca por ferramentas cada vez mais sofisticadas para atender essa realidade, como os softwares de trade marketing antenados com essas novidades.

Luis Carlos Sá
Formado em Análise de Sistemas, blogueiro e um apaixonado por tecnologia.
http://www.infotecblog.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.