Compra online com cartão de crédito
Dicas Segurança

Saiba como se proteger contra ataques de phishing.

O que não falta na internet são relatos de pessoas que caíram em phishing. Mas, afinal, o que é isso? Phishing é uma forma de ataque para roubar dados pessoais de um usuário.

De forma geral, o phishing acontece ao acessar um site falso que inicia um processo para coletar as informações do dono do computador, geralmente informações bancárias.

Seu nome tem base na palavra fishing, do inglês, que significa pescar. Ou seja, os hackers jogam uma isca, tentando enganar e assim atrair as vítimas para um golpe virtual. Estima-se que um em cada quatro brasileiros já caiu em algum tipo de phishing, seja por e-mail, WhatsApp ou outras redes sociais.

Esse número corresponde à 25% da população do país, uma boa quantidade de pessoas sendo afetadas diariamente, muitas vezes, sem perceber. 

Não responda uma solicitação de envio de dados por e-mail 

Muitas vezes, recebemos e-mails que dizem ser de um banco ou de uma empresa séria. Em alguns casos, as mensagens são tão bem configuradas que parecem mesmo ser de alguma agência bancária. Se em algum momento for solicitado para que você insira dados financeiros ou confirme números do seu cartão de senhas, não responda.

O ideal é ligar para sua agência e confirmar se este é um e-mail do banco ou não. Além disso, preste atenção ao remetente da mensagem, pois nomes suspeitos são facilmente verificados em uma checagem simples. 

Procure acessar sites seguros 

Uma forma de saber se um site é seguro é se ele possui o “https://” e o símbolo de um cadeado na barra do navegador. E isso vale para todos os tipos de sites: redes sociais, bancos, lojas online ou plataformas de jogos. 

Sites confiáveis como o cassino Rivalo Brasil possuem esse recurso, além de oferecer o protocolo SSL em transações financeiras, o mesmo utilizado pelos bancos para dar mais segurança ao usuário. 

Phishing

Ative a autenticação de dois fatores nas redes sociais e e-mail 

Esse é um recurso simples, mas bastante eficiente. Quase todas as redes sociais e e-mails permitem que você reforce a segurança da conta por meio da autenticação de dois fatores do seu perfil.

Isso faz com que seja necessário informar um código extra recebido por SMS sempre que você quiser logar na sua conta. Na prática, não demanda tempo ou esforço do usuário, enquanto dificulta bastante o roubo de dados e acessos indevidos. 

Não clique em links suspeitos 

Todos os anos, novos golpes chegam ao nosso celular ou computador por meio das redes sociais. Neste começo do ano, o “golpe da vez” oferece lápis de cor para roubar dados pessoais e instalar um vírus no smartphone dos usuários.

Por isso, quando você receber algum link que pareça suspeito pelo celular, pesquise antes de clicar. Verifique se há alguma informação se é ou não um vírus para só então acessar. 

Evite testes do Facebook 

De tempos em tempos, novos testes surgem no Facebook. Seja os que mostram sua versão no sexo oposto, qual foi a sua profissão em outra vida ou como você será na velhice, o que não faltam são aplicativos que prometem diversão ao usuário da rede social.

Entretanto, alguns desses sites fazem testes com a intenção de capturar dados e vender para outras empresas. Em alguns casos, o phishing acontece ao entrar em brincadeiras inocentes. Por isso, tenha bastante atenção e veja se vale a pena o risco. 

Agora que você já sabe algumas dicas, fique atento para continuar com uma navegação segura e sem incidentes. Ninguém quer fazer parte da estatística sobre phishing, certo? Esteja atento para não cair em armadilhas. 

Luis Carlos Sá
Formado em Análise de Sistemas, blogueiro e um apaixonado por tecnologia.
http://www.infotecblog.com.br/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.