Notícias Corporativas

Crédito de R$ 634,9 mi impulsiona micro e pequenas empresas no Nordeste em 2023

A abertura de micro e pequenas empresas (MPEs) bate recordes no Brasil em 2023. Por conta disso, a carteira de crédito para micro e pequenas empresas no Nordeste já atingiu a marca de R$ 634,9 milhões, de acordo com dados do Sicredi, instituição financeira cooperativa.

O alto volume de investimentos no setor é justificado. Conforme um levantamento realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas no primeiro trimestre de 2023 foram criadas 214.413 MPEs, número 9,2% superior ao de 2022. Na região Nordeste, esse tipo de negócio já reúne cerca de 3,3 milhões de empresas.

“É um montante que representa 98,9% do total de empresas na região Nordeste”, diz Robinson Kokeny, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi Nordeste. “Além da geração de empregos e desenvolvimento da atividade econômica, as micro e pequenas empresas têm papel fundamental no desenvolvimento humano e social na região”, avalia.

A participação dos pequenos negócios vem crescendo, inclusive, em compras públicas, correspondendo a um terço das compras desse tipo no Brasil. Em 2023, União, estados e municípios destinaram R$ 17,3 bilhões em aquisições de produtos de micro e pequenas empresas, segundo o Sebrae.

Com a estabilização do cenário econômico, juros mais baixos e ampliação da oferta de crédito, a expectativa é de uma expansão ainda mais acelerada para o setor nos próximos anos. De acordo com o Banco Central, essa perspectiva já é antecipada pelo cooperativismo de crédito, cujo principal objetivo é fomentar o crescimento econômico local e comunitário.

“Atuamos mais próximos a entidades como o Sebrae e associações comerciais com o objetivo de fomentar e apoiar os pequenos empreendedores, inclusive, iniciando recentemente a adesão ao Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), um fundo garantidor destinado a amparar as cooperativas no fomento ao crédito às pequenas empresas”, explica Robinson Kokeny, Gerente de Desenvolvimento da Central Sicredi Nordeste.

MPEs possuem acesso a produtos e serviços financeiros

De acordo com informações do Sebrae, as instituições financeiras cooperativas financeiras estão em alta entre os pequenos negócios, por oferecem produtos e serviços especiais para incentivar o empreendedorismo no país. Ter acesso a serviços financeiros especializados possibilita que as MPEs possam operar com mais eficiência e competitividade.

No Sicredi, instituição financeira cooperativa, os MPEs têm acesso a serviços como cartão de crédito empresarial, seguro empresarial, consórcio de veículos leves e pesados, antecipação de recebíveis de cobrança, cartão, máquina para recebimento via cartão de débito ou crédito e o organizador PJ, um aplicativo destinado à organização financeira dos associados.

Advertisement