Facebook para vender produtos
Negócios Redes Sociais

Saiba como usar o Facebook para vender seus produtos.

Utilizar o Facebook para vender é certamente uma das estratégias mais assertivas da atualidade. A rede social é considerada a maior do mundo, com mais de 2,4 bilhões de usuários ao redor do planeta.

Essa quantidade impressionante de pessoas utilizando a ferramenta acabou atraindo a atenção das mais diversas empresas, que hoje utilizam o Facebook como um meio de alavancar seus negócios e efetuar vendas.

Se sua joalheria estiver em baixa para vendas de anel de prata com diamante, o Facebook pode ser uma plataforma de alavancagem para este produto, por exemplo.

Pensando nisso, o próprio Facebook começou a disponibilizar ferramentas para que empreendedores possam realizar negócios dentro da rede social, podendo até mesmo criar uma loja virtual dentro do site.

O alcance da rede é imensurável, uma vez que quase todas as pessoas com acesso à internet mundialmente possuem uma conta na rede social. 

Isso significa que as chances de você encontrar alguém que se encaixa no perfil de público-alvo que você traçou são enormes.

É importante entender que você dificilmente irá alcançar todas as pessoas dentro do Facebook, mas ainda assim, a quantidade de usuários que terá acesso a seu perfil para identificar seus produtos ou serviços certamente valerá a pena.

Além disso, não é necessário ter nenhum capital para iniciar uma empresa dentro da rede social.

Você pode montar sua loja ou uma página para apresentar seus serviços sem nenhum tipo de custo, com a única opção paga sendo a de impulsionar publicações para um maior engajamento.

Além disso, você pode colocar seus produtos para vender, como uma tornozeleira dourada feminina, e utilizar as ferramentas do site para fazer todo o processo de venda se tornar mais rápido, prático e simples, tanto para seus clientes, quanto para você.

A maioria das empresas está lá também, incluindo sua concorrência. Então, para ter espaço no mercado, é preciso se atualizar e se engajar na plataforma.

Pensando no engajamento que as empresas têm conquistado na plataforma, a equipe de tecnologia do Facebook criou o “Facebook para Empresas”.

Essa ferramenta é especialmente voltada para a realização de negócios, apresentando um layout diferenciado, além de ferramentas de análise e divulgação de produtos e serviços.

Com ele, é possível gerenciar todos os aspectos de sua empresa dentro da rede, criando uma página especializada para seu negócio, uma loja virtual, além de diversas funcionalidades pensadas especificamente para a evolução de sua empresa.

Vender pelo Facebook pode ser realizado de duas formas. A primeira estratégia é criar conteúdo para engajar seu público.

Através de publicações, fotos e vídeos, sua empresa consegue gerar um maior engajamento na página, atraindo possíveis clientes.

Além disso, acompanhando o resultado através de métricas de marketing digital e utilizando chamados para ação ou (CTAs) para engajar melhor seu público.

A outra é a utilização das ferramentas de vendas que o próprio site disponibiliza gratuitamente. Para isso, basta configurar algumas abas na página de sua empresa e você já conseguirá concretizar a criação de sua loja virtual.

Mesmo produtos perecíveis, como um bolo caseiro artesanal, podem se beneficiar da utilização de um serviço como o Facebook, uma vez que é possível delimitar sua área de atuação, alcançando o público que está em seu perímetro de entrega, por exemplo.

Depois desse apanhado de informações, pensando na lucratividade e no alcance da sua empresa, criamos esse artigo para te ajudar a vender bem pelo Facebook. Para saber mais, acompanhe a leitura!

Vender pelo Facebook

Como vender pelo Facebook?


Mas, afinal, como vender pelo Facebook?

A plataforma é bem intuitiva, mas ainda assim, é necessário tirar um tempo para aprender as funcionalidades do Facebook para Empresas. O primeiro passo é estruturar sua página para que ela possa ser seu cartão de visitas dentro da rede social.

Criar sua página é um processo simples e descomplicado, mas é importante estar atento a alguns elementos-chave, como a imagem de perfil e a descrição da empresa.

Esses serão os primeiros pontos que um cliente irá avaliar, uma vez que uma pessoa que entre em sua página quer confirmar se é a empresa de fato e o que ela tem a oferecer.

Essas informações também aparecem nas ferramentas de busca do aplicativo, então são relevantes para engajar seu público-alvo.

O segundo passo é configurar sua loja. Com a nova ferramenta do Facebook, criar uma loja virtual está apenas a alguns cliques de distância. 

Ali, você conseguirá colocar seus produtos, preço e o link que encaminhará o cliente diretamente para seu site, onde ele poderá finalizar a compra.

É essencial que o máximo possível de dados esteja descrito em cada produto. Eventualmente, colocar mais de uma imagem mostrando o produto também pode ajudar na venda, apresentando-o em diferentes ângulos.

Para colocar um kimono infantil judô na aplicação, é interessante colocar todas as medidas, bem como fotos do produto, para uma melhor avaliação de clientes interessados, uma vez que essas informações podem ser o diferencial para efetuar a venda.

A próxima etapa é estruturar sua campanha de marketing digital para que sua página tenha a melhor efetividade, criando estratégias de anúncios orgânicos e avaliando os pontos positivos e negativos de iniciar uma campanha paga no Facebook.

Os conteúdos orgânicos tendem a demorar um pouco mais para converter vendas, mas atraem um público que pode ser fidelizado e que realmente se interessa pela sua loja.

Por outro lado, os anúncios patrocinados do Facebook atingem um número muito maior de potenciais clientes, garantindo mais liquidez na campanha e permitindo que vendas sejam realizadas em um tempo muito menor.

Na criação de campanhas patrocinadas, é possível delimitar uma série de fatores como:

  • Alcance;
  • Geolocalização;
  • Público-alvo;
  • Envolvimento.

Dessa forma, é possível programar uma campanha para atender exatamente às suas especificações no que diz respeito aos interesses de um anúncio.

Vendas pelo Facebook

Dicas para melhorar suas vendas no Facebook

Fazer o uso dessa ferramenta é um grande avanço para engajar sua marca digitalmente, mas não basta deixar a página online e esperar que o público a encontre. 

É preciso uma série de ações para otimizar sua página do Facebook, tornando-a mais acessível e interessante ao público.

1 – Promover produtos

É o objetivo que o máximo possível de pessoas alcance sua empresa. Para que isso aconteça, é imprescindível que você utilize todas as ferramentas disponíveis para aumentar o engajamento.

O Facebook tem uma proposta de negócios perfeita para esse tipo de situação.

Através de publicações patrocinadas, torna-se realizável se alavancar no algoritmo da plataforma alcançando um público muito maior do que o esperado.

Isso leva não só o nome de sua empresa, mas os produtos oferecidos a pessoas que não teriam acesso de outra forma.

Se você trabalha com papel timbrado de empresa, talvez seja um bom momento para avaliar um investimento em propaganda para alcançar um público mais diverso.

2 – Conhecer e tratar bem o público-alvo

Um dos recursos mais importantes de uma empresa é conhecer seu público. Entender quem é o consumidor e seus gostos e costumes é crucial em qualquer campanha publicitária, e isso vai muito além de dados básicos como faixa etária e classe social.

É preciso entender os desejos e anseios do seu consumidor, por que ele precisa de seu produto e quais expectativas ele tem com a compra. Vender no Facebook vai muito além de conquistar uma curtida ou um novo seguidor.

Se você vende luminária led escritório, deve identificar quais categorias de público mais se adequa a seu produto, podendo assim investir mais nesses clientes para fechar mais vendas.

Sem contar, ainda, que muitos usuários têm receio de comprar online por conta da automatização do atendimento. As pessoas não gostam de lidar com máquinas, e é preciso levar isso em conta ao criar sua loja no Facebook.

Promova conversas entre seu público, responda de forma personalizada seus questionamentos, interaja e engaje seu público de forma que eles sintam que estão lidando com pessoas. 

Esse tipo de contato dá a muitas pessoas a confiança necessária para começar a comprar online.

Vender envelope personalizado a4 pode ter um alcance muito maior se você responder de maneira a evitar que a página pareça mecanizada ou falsa. Esse tipo de tratativa é fundamental quando tentamos vender um produto.

3 – Avalie as métricas e avaliações

Para garantir que tudo está funcionando perfeitamente, é importante manter o olho em todas as ferramentas de análise de métricas possíveis. 

São esses instrumentos que permitirão a você compreender quais são os pontos positivos e os negativos de uma campanha publicitária.

Essas métricas identificarão o alcance que suas publicações estão atingindo, o quanto as pessoas estão citando seu nome e o quanto elas estão de fato clicando em seus anúncios, além de uma série de outras análises que priorizam sua atuação no mercado.

É possível identificar através das métricas quantas pessoas buscaram seu serviço de chaveiro residencial em um determinado período, identificando os pontos positivos e negativos de seu processo de vendas.

Muitas vezes, uma equipe qualificada de marketing digital pode poupar seu trabalho de análise, o que pode ajudar a manter o foco em outras etapas do negócio.

Por todas essas ferramentas, utilizar o Facebook para Empresas acaba se tornando uma opção ideal para alavancar sua empresa e mantê-la em alta no mercado.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


2 thoughts on “Saiba como usar o Facebook para vender seus produtos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.