criptomoedas mais famosas
Atualidades Internet

Tudo o que você precisa saber sobre as criptomoedas.

Inicialmente saudada como uma tecnologia rebelde que iria derrubar as instituições financeiras do mundo e libertar as pessoas das taxas e controles onerosos do sistema bancário, as criptomoedas já foram prejudicadas e tiveram a sua reputação manchada pela atividade criminosa e pela especulação do mercado. 

E enquanto todo mundo já ouviu falar de nomes de criptografia como o Bitcoin, poucas pessoas entendem os fundamentos de como as criptomoedas realmente funcionam – especialmente no contexto de finanças pessoais. 

De acordo com o estudo elaborado pela empresa de segurança digital Kaspersky, apenas 13% dos brasileiros entendem como funciona a tecnologia das Criptomoedas. Por isso aqui está boa parte do que você precisa saber para conhecer mais sobre as moedas virtuais e saber se você tem o perfil para investir nesse mercado.

O QUE É CRIPTOMOEDA?

Criptomoeda é basicamente uma forma digital de manter e transferir valores online. Você pode comprar fichas ou moedas de criptomoeda on-line (com um cartão de crédito ou dinheiro “tradicional”), e normalmente não há uma pessoa ou banco que controle uma criptomoeda específica. 

Existem dezenas de diferentes criptomoedas disponíveis on-line, as maiores e mais conhecidas são o Bitcoin ou Ethereum.

O valor de qualquer criptomoeda em qualquer momento depende da oferta e da demanda. Geralmente, há uma quantia fixa de qualquer moeda disponível a qualquer momento, então quanto mais pessoas quiserem usá-la, maior será o preço. 

No final de 2018, por exemplo, o preço de um único Bitcoin subiu para cerca de US $ 20 mil e depois caiu para cerca de US $ 4 mil. A oscilação de preço das criptomoedas é algo muito frequente.

COMO POSSO OBTER MOEDAS CRIPTOGRAFADAS?

É relativamente fácil comprar a maioria das criptomoedas – e consideravelmente mais difícil descarregá-las ou vende-las.

Sites como o CoinBase são bolsas onde você pode comprar uma variedade de moedas digitais. Há também aplicativos chamados carteiras digitais que permitem que você mantenha criptomoedas e envie fundos para outras pessoas com relativa facilidade. 

Com essa carteira, as chaves privadas (que representam propriedade) são armazenadas diretamente no seu dispositivo.

COMO EU GASTO MOEDAS CRIPTOGRAFADAS?

Comprar com Criptomoedas
Comprar com Criptomoedas

Se você tiver sua própria carteira com sua própria chave e fechadura digital, poderá “enviar” fundos digitais para qualquer pessoa que tenha uma carteira digital. Para fazer isso, a maioria das pessoas tende a usar cofres on-line, como os fornecidos pela Coinbase

O processo é muito semelhante aos serviços online tradicionais: você simplesmente insere a quantia de dinheiro que deseja enviar e a empresa ou pessoa que deseja pagar.

Alguns fornecedores aceitam criptomoedas. A Microsoft permitirá que você adicione o Bitcoin à sua conta online usando sua carteira digital, por exemplo. E há uma lista crescente de coisas que você pode comprar com criptomoeda, incluindo desde artigos de arte até imóveis. 

Em muitos casos, a adoção de pagamentos com criptomoedas tem sido mais uma jogada de marketing do que uma prática financeira corriqueira, mas a a medida que mais empresas aceitam as criptomoedas mais relevantes se tornam e atraem novos usuários.

No lado negativo, você deve estar ciente de que a maioria dos estabelecimentos que aceitam a criptomoeda também impõe restrições e limitações significativas a ela. Em primeiro lugar, a maioria aceita apenas as criptomoedas principais, Bitcoin e Ethereum

Segundo, você pode não conseguir usar o crédito para todos os serviço. Por exemplo, a Microsoft permitirá que você use o Bitcoin para comprar jogos, filmes e aplicativos em lojas do Windows e do Xbox – mas não pode usá-lo na loja online da Microsoft ou comprar vales-presente com ele.

EXISTEM TAXAS OCULTAS?

Claro que existem! A maioria das bolsas independentes e de startups que compram e vendem criptomoedas também cobram uma taxa pelo serviço. E, como corretores de ações reais, eles fazem você ir e vir, sempre que comprar ou vender uma moeda. 

As taxas são geralmente uma porcentagem do depósito total ou pagamento. No entanto, mesmo que você tenha que pagar 1,5% do total, é muito menos do que alguns outros serviços convencionais. O Paypal, por exemplo, normalmente cobra cerca de 3%.

USAR CRIPTOMOEDAS É SEGURO?

Isso depende da sua perspectiva. É verdade que as criptomoedas que usam a tecnologia blockchain garantem que as transações sejam registradas adequadamente e dificultem a invasão. 

O software Blockchain é essencialmente um ledger descentralizado que nenhuma pessoa ou instituição controla porque o registro de todas as transações é mantido em vários nós, oferecendo redundância e tornando extremamente difícil para qualquer usuário adulterar.

No entanto, se um token de criptomoeda for roubado de uma carteira digital, na maioria dos casos isso significa que o dinheiro se foi para sempre e não pode ser rastreado. 

Além disso, alguns cofres foram roubados em vários milhões de dólares, novamente deixando os clientes sem nenhum recurso porque os fundos não são garantidos ou segurados por nenhuma instituição do governo (contrastando com as contas bancárias tradicionais do Brasil, que o FGC cobre até R$ 250.000). No ano passado, mais de US $ 1 bilhão foi roubado das contas de criptomoedas.

NÃO É APENAS PARA CRIMINOSOS?


Historicamente, a criptografia era o reino dos criminosos e especuladores digitais que provavelmente se sentiam atraídos pela facilidade com que o Bitcoin pode ser negociado on-line sem comprometer o anonimato. 

Sem surpresa, as pessoas que traficam dados roubados e drogas na teia escura eram grandes proponentes iniciais da criptomoeda. No entanto, ganhou legitimidade nos últimos anos por causa de sua flexibilidade para transferir dinheiro digital on-line sem a necessidade de qualquer tipo de banco institucional. 

As moedas digitais também ganharam popularidade em países como a Venezuela, onde a moeda local é instável e sujeita a variações inflacionárias gigantescas. Nessas situações, a criptomoeda pode oferecer alguma proteção contra a agitação política.

É MELHOR QUE OUTROS SERVIÇOS DE PAGAMENTO ONLINE?

Não necessariamente. O problema fundamental de todas as criptomoedas é a flutuação imprevisível de seu valor. Então, enquanto você segura os seus Bitcoins em sua carteira digital, você pode estar perdendo (ou ganhando) dinheiro até usá-lo para comprar algo ou vende-lo. 

O dinheiro tradicional (que os proponentes da criptografia chamam de moeda “fiduciária”) tende a ser mais estável, já que é apoiado pelos governos e por uma rede muito maior de mercados comerciais globais.

AINDA É UM GRANDE NEGÓCIO?

É um bom negócio investir na Criptomoeda Bitcoin?
É um bom negócio investir na Criptomoeda Bitcoin?

Talvez. A bolha especulativa de 2017 na criptografia mais popular do mundo, o Bitcoin, explodiu – mas o Bitcoin ainda é amplamente usado. As pessoas fazem negócios no Bitcoin no equivalente a US $ 800 milhões por dia. Isso pode parecer muito, mas é menos da metade do que um serviço tradicional, o Paypal, faz todos os dias.

No entanto, está ganhando aceitação como uma categoria de moeda, em grande parte devido ao fato de que as empresas privadas veem um tremendo potenci al de marketing – e outra fonte de receita – no lançamento de suas próprias moedas criptográficas, como fez o Facebook que anunciou recentemente, que vai lançar sua própria criptomoedas – a Libra.

O QUE SÃO ICOS?

As ofertas iniciais de moeda (ICOs) são uma forma de as empresas levantarem dinheiro emitindo tokens virtuais. Assim como o crowdfunding, você compra esses tokens virtuais usando dinheiro tradicional ou outra moeda criptografada, como Bitcoin ou Ether, e a empresa supostamente o usa para criar produtos e expandir. 

Ele permite que a empresa evite os requisitos legais e financeiros para levantar capital de risco ou emitir ações. Essa nova forma de crowdfunding está repleta de riscos, no entanto.

Geralmente, você só pode usar os tokens comprados para comprar serviços ou produtos dessa empresa. Por isso, as ICOs são inúteis em qualquer outro lugar e há sempre o perigo de a empresa não produzir nada que valha a pena comprar – e não há como recuperar seu dinheiro. 

Um conceito derivado de ICOs é que as empresas privadas emitem sua própria criptomoeda para serem usadas apenas em suas próprias lojas. Também pode ser usado como bônus de milhas ou pontos, resgatáveis ​​no futuro para os serviços da empresa. 

Uma grande empresa que já está trabalhando em sua própria criptomoeda para trocas de dinheiro online é o Facebook. No entanto, seu sucesso – como o de todos os tipos de criptomoeda – dependerá de quanto as pessoas confiam nele.

Luis Carlos Sá
Formado em Análise de Sistemas, blogueiro e um apaixonado por tecnologia.
http://www.infotecblog.com.br/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.