comprar carro usado
Dicas Finanças

05 dicas para comprar um bom carro usado

Comprar carro usado tornou-se uma ótima alternativa para aqueles que desejam economizar. Afinal, com os preços de veículos 0km nas alturas, um carro seminovo atrai muitos interessados pela economia que garante.

No entanto, se por um lado é possível economizar mais, é preciso prestar atenção para não cair em ciladas e gastar mais do que o previsto!

Continue lendo este conteúdo para conferir algumas dicas na hora de adquirir o seu carro seminovo!

Dicas para comprar um bom carro usado

Com razão, os brasileiros reclamam dos preços de carros 0 km que sobem mais a cada mês, devido à crise econômica.

O preço de um modelo simples, que sequer conta com ar-condicionado, é igual ao de um modelo usado, mas que possui itens de série essenciais!

comprar carro online

Esse é um dos motivos pelos quais os veículos usados tornaram-se uma opção mais atraente para quem deseja comprar um carro.

No entanto, como dito acima, para que a compra seja, de fato, vantajosa, é preciso ficar atento quanto a alguns fatores antes de concluir o negócio.

Confira logo abaixo algumas dicas para você comprar um carro usado sem sofrer com dores de cabeça!

1. Olhar pneus

Em primeiro lugar, veja como está o estado dos pneus. Alguns desgastes irregulares podem ser um indício de que o carro está com problema em sua suspensão ou há falta de alinhamento.

Se os pneus estiverem carecas, significa então que você terá que trocá-los, tendo em vista que representam um risco à sua segurança e de outras pessoas.

2. Lataria

É essencial fazer uma vistoria minuciosa sobre o estado da lataria do veículo. Verifique se há peças que foram trocadas, como uma peça que aparenta ser mais novo que o outro, se há diferenças no tom de pintura da lataria ou se tem alguma peça desalinhada.

Na traseira do carro, o ideal é levantar o tapete do porta-malas e verificar se há qualquer sinal de infiltração de água ou de um conserto.

Procure também de há pontos de ferrugem nos cantos ou debaixo das guarnições do assoalho, pois podem indicar que o veículo tem algum problema de vedação.

Caso tenha diferenças na pintura, simetrias, pequenos amassados ou diferenças na lataria, pode ser um sinal de que o veículo já sofreu um acidente.

3. Estado de conservação

Faça uma vistoria geral do estado de conservação do carro e, de preferência, faça durante o dia e leve um mecânico junto. Verifique se o dono mantém a manutenção do carro em dia com itens como:

  • Combustível de qualidade;
  • Óleo;
  • Limpeza interna e externa;
  • Pendências e multas;
  • Etc.

Atente-se ao estado do estofamento dos bancos e do carpete. Teste também o motor e os freios, para isso, ande um pouco com o veículo e fique atento quanto ao som do motor.

4. Veja se os documentos estão em dia

Hoje em dia, você pode pesquisar os débitos e a situação jurídica do carro no site do Detran, apenas com o número de Renavam, que consta no documento do veículo. Com isso, você poderá verificar se há multas e dívidas de impostos pendentes.

Caso o veículo não esteja no nome da pessoa que está vendendo o veículo, então é bom ficar desconfiado. Assim como carros anunciados como “dupla transferência”, são dor de cabeça!

Isso porque, indica que o dono atual não transferiu o veículo para o nome dele e, quando você for transferir, será preciso pagar esse processo duas vezes e uma multa.

comprar um carro novo online

Para evitar esse tipo de transtorno, você pode pesquisar a respeito dos dados do veículo. Apesar de ser um processo burocrático, é essencial para evitar que você caia em armadilhas e gastar mais!

É possível ver quantos donos o carro teve, se sofreu sinistros, se existem multas e impostos pendentes, entre outras informações importantes.

5. Verificar a quilometragem rodada

Se mede a vida útil de um veículo por meio de sua quilometragem. Isto é, um carro com 4 anos de uso pode ter rodado menos que um carro com 1 ano de uso e, dessa forma, terá menos desgastes em suas peças.

Portanto, o ideal é optar por um veículo que tenha rodado cerca de 60 mil km. Também é uma boa opção um carro com até 160 mil km rodados, caso esteja em um bom estado de conservação.

Mas, vale lembrar que você terá um gasto maior com sua manutenção.

Como você pôde ver neste conteúdo, comprar carro usado pode ser uma boa opção, mas fique atento para não cair em ciladas! E caso estas dicas tenham sido úteis para você, não deixe de compartilhar com os seus amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.