Linux ou Windows - Qual o melhor sistema operacional
Software Windows

Linux ou Windows? Qual é o melhor? Veja a comparação desses dois sistemas operacionais

Entenda as diferenças entre segurança, instalação, custo-benefício e outros pontos e escolha entre os sistemas operacionais Linux ou Windows.


 Descubra as vantagens do Linux e do Windows!

Muitas pessoas estão acostumadas a utilizar o sistema operacional Windows em seus computadores e optam por ele por conta de sua interface que se mantém muito parecida, mesmo com atualizações constantes, o que facilita o uso.

Contudo, você sabia que uma das grandes vantagens do Linux – o sistema operacional ‘rival’ – é que ele pode ser completamente personalizado e que é totalmente gratuito?

Com essas vantagens, muitas pessoas acabam optando por ele, e se surpreendem com seu desempenho, que muitas vezes é semelhante ao Windows.

Antes de você optar por qual sistema operacional instalar em seu computador, que tal conhecer melhor as principais diferenças entre eles?

Preparamos dicas importantes para você entender como funciona cada sistema operacional e que vão te ajudar a fazer a melhor escolha possível. Continue lendo para não perder nenhum detalhe!

Comparação do Linux e Windows

Mesmo que o sistema Windows seja mais popular, muitas pessoas preferem ou têm curiosidade em saber como o Linux funciona e se ele vai desempenhar um bom papel.

Linux

Para você entender melhor, organizamos informações práticas sobre ambos em aspectos como segurança, instalação, interface, custo-benefício e outros. Confira a seguir.

  • Programas e jogos suportados

O Linux tem um número reduzido de aplicativos disponíveis para download, em comparação ao Windows, que tem a Microsoft Store onde é possível fazer download de diversos aplicativos – além de outros que podem ser baixados direto da internet.

Contudo, é possível encontrar programas semelhantes entre os dois sistemas. O Inkscape, do Linux, tem função equivalente ao Adobe Illustrator, por exemplo, assim como GIMP que pode ser comparado ao Photoshop, utilizado no Windows.

O grande problema se refere a jogos pelo computador, já que a Linux peca mais nessa área, por não suportar muitos games. Uma iniciativa interessante é o projeto Proton, que permite rodar mais de 6 mil jogos do Windows no Linux.

  • Segurança e privacidade

Na questão de segurança e privacidade, o Linux se sai melhor porque os criminosos virtuais costumam atacar mais o Windows – por ser mais utilizado. O Linux permite ainda mais liberdade ao usuário no controle do sistema, o que facilita a segurança manual.

Segurança e Privacidade dos sistemas operacionais

No Windows, a privacidade é mais complexa, e não é tão transparente ao usuário como no Linux. A Microsoft – a empresa que desenvolve o sistema operacional – coleta dados para telemetria (medição e comunicação de informações de interesse do desenvolvedor) e faz análise do funcionamento do Windows.

Na prática, isso significa que quando o usuário dá permissão, a empresa de tecnologia usa os dados de forma remota para inferir preferências em forma de anúncios, por exemplo, o que gera influência.

  • Facilidade de instalação

O processo de instalação do Linux pode parecer um pouco mais complexo, principalmente para quem nunca teve contato com o sistema e, sendo assim, instalá-lo existe certo preparo e pesquisa.

Já no Windows, a instalação tende a ser mais fácil pelo sistema ser mais popular e normalmente já vir incluso em computadores novos.

Contudo, também é importante ter noções de boot e inicialização por pendrive, por exemplo, principalmente se você for instalar o sistema por conta própria.

  • Atualização e suporte

Linux e Windows costumam receber atualizações de forma frequente, mas há diferenças. No Linux, as atualizações são menos invasivas, uma vez que o usuário desse sistema tem mais liberdade sobre as configurações.

Já no Windows, os updates são mais complexos e exigem, por vezes, que qualquer atividade seja interrompida para que a atualização ocorra.

Atualização e Suporte do Windows e do Linux

O usuário também tem menos controle sobre a configuração dessas atualizações e o computador precisa ser reiniciado para que o update seja finalizado – o que raramente é necessário no Linux.

Sobre o suporte, ambos sistemas têm familiaridades. A Microsoft promove fóruns e comunidades para que os usuários possam relatar problemas e pedir ajuda, por exemplo, além da fabricante também oferecer suporte individual.

O Linux também oferece fóruns e comunidades, mas geralmente eles são de língua inglesa e feito pelos próprios usuários – já que o sistema é operado de forma mais descentralizada.

  • Custo-benefício

Com relação ao custo-benefício, o Linux sai na vantagem porque é totalmente gratuito. Já o Windows é um produto comercializado pela Microsoft e por isso tem preço.

O Windows 10 Home, por exemplo, tem sua licença comercializada por R$ 1.099,00 e a versão Pro por R$ 1.599,00 – na loja oficial da Microsoft do Brasil. Por isso computadores que vêm com Windows instalado são mais caros que os que têm Linux.

Além disso, não deixe de conferir os 10 melhores notebooks de 2022 e comparar os modelos com os melhores custos e benefícios.

  • Área de trabalho e atalhos

Quando o assunto é interface gráfica, Linux e Windows apresentam grandes diferenças entre si. O Windows costuma apresentar a mesma interface e a mesma maneira de operar, mesmo quando há updates.

Já o Linux, pode variar bastante, com interfaces totalmente diferentes, que podem ser instaladas pelo próprio usuário, podendo inclusive serem amplamente personalizadas.

Dessa forma o Linux permite que você crie um sistema operacional inteiramente único, com cores, fontes, efeitos gráficos e ícones específicos.

É um processo que leva tempo e conhecimento do sistema – o que não vai ser necessário no sistema Windows, por exemplo, que mantém a mesma interface desde a versão de 1995.

  • Versões dos sistemas operacionais

Assim como na questão da interface gráfica, as versões dos sistemas operacionais seguem regras parecidas. Enquanto o Windows teve versões muito semelhantes ao longo dos anos, com alterações focadas mais em correções de bugs e melhorias, no Linux as diferenças entre as versões são muito evidentes e há muito mais versões disponíveis, diferente do Windows.

Comparação entre Windows e o Linux

Outra diferença é no nome das versões. Enquanto que no Windows, as nomenclaturas seguem numerações, como Windows 8, Windows 8.1, Windows 10 e Windows 11 – com poucas alterações no caminho com o Windows XP – o Linux já tem versões com nomes totalmente diferentes um do outro: Arch, Debian, Elementary OS, Endless OS, Fedora, Linux Mint, Manjaro, Open SUSE, Pop_OS!, Ubuntu, Zorin OS e muitos outros.

Escolha o seu sistema operacional favorito entre o Linux e o Windows!

Agora que você chegou ao fim deste artigo, temos a certeza de que já tem toda a segurança suficiente para se decidir por qual sistema operacional instalar em seu computador.

Basta ter em mente as informações mais importantes que demos sobre o Windows e o Linux – como as diferenças entre a instalação, a interface gráfica, as versões, o custo-benefício, as atualizações, o suporte, a instalação, os programas e jogos, por exemplo – que dessa forma você não terá dificuldades em comprar seu novo computador e montá-lo do jeito que mais te agradar!

Caso você esteja procurando por aparelhos mais potentes para as suas atividades online, não deixe de conferir os 10 melhores ultrabooks de 2022 também.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.