Responsabilidade Social das Empresas
Atualidades Negócios

Responsabilidade social: o que é e como ela influencia na imagem da sua empresa

A responsabilidade social é um assunto que tem estado em alta há um bom tempo, sendo uma ação adotada por muitas empresas que compreendem o seu valor.

Podemos começar refletindo acerca das exigências do consumidor moderno, que descarta o consumo de qualquer tipo de produto ou serviço proveniente de empresas que não respeitam o meio ambiente ou ao corpo social.

Portanto, o preço se torna uma questão trivial, quando comparado a outros “termômetros”, como o comprometimento e a seriedade de uma marca perante a sociedade.

Dessa forma, aquelas empresas que se comportam de maneira duvidosa afastam os consumidores e perdem espaço para quem não mede esforços para mostrar seu respeito e sua responsabilidade social.

Isso deve ser levado a sério, uma vez que as pessoas estão cada vez mais informadas e qualquer tipo de escândalo envolvendo um negócio é capaz de mandar por água abaixo uma reputação que demorou anos para ser construída.

Por isso, os gestores dos mais variados tipos de empresas precisam estar atentos à maneira como constroem a imagem de um negócio.

Portanto, uma das melhores maneiras de destacar-se é se envolver em ações ligadas à responsabilidade social. Confira mais sobre este assunto ao longo do artigo.

Afinal, o que é responsabilidade social?

A responsabilidade social é um conjunto estratégias voluntárias que as empresas adotam para beneficiar pessoas dentro e fora da organização. Ou seja, são empresas que se preocupam com o bem-estar social e se atentam a fatores como:

  • Postura;
  • Comportamento;
  • Conduta;
  • Atitudes.

Dessa forma, uma fabricante de placa solar 300 watts que tem responsabilidade social como seus princípios, investe em ações que promovam o bem-estar de todos os envolvidos. Essas práticas podem ser voltadas para a sociedade ou para o meio ambiente.

Apesar de parecer algo moderno, as preocupações relacionadas à responsabilidade social já vêm de longa data, entrando na pauta dos negócios há quase duas décadas.

O ápice foi em 2001, em Bruxelas, na Bélgica, com a elaboração do Livro Verde pela Comissão das Comunidades Europeias.

Com isso, estabeleceu-se como objetivo o cuidado que as empresas teriam com a sociedade e o meio ambiente a partir dali.

Responsabilidade Social das Organizações

Como a responsabilidade social funciona dentro das empresas

Ter uma lixeira ecológica de madeira plástica dentro do escritório já é um começo e demonstra a preocupação do negócio e um pouco de sua responsabilidade social.

Para entender como ela funciona dentro das organizações, o primeiro passo é se lembrar de que nenhuma empresa está isolada, ela sempre estará inserida em um contexto social.

Prova disso é que ela interage com colaboradores, fornecedores, clientes, parceiros, governos, meio ambiente e outros atores que estão envolvidos e interessados em suas ações. Essa relação, assim como qualquer outra, envolve ganhos e perdas.

O cuidado com o meio em que convivemos vai facilitar nossa interação com o mesmo. Dessa forma, quando uma marca cuida da sociedade e da natureza, ela atrai boas oportunidades de negócio.

Promover ações de responsabilidade social e sustentabilidade, como reciclagem de papel alumínio, faz com que exista uma troca de experiências saudável para o negócio.

Mais do que trazer benefícios para ela mesma, a responsabilidade social é um dever, a partir do momento em que promove a preservação da sociedade e do meio ambiente.


Ações ambientais e sociais que uma empresa pode aderir

Existem muitas ações que englobam a responsabilidade social e ambiental que as empresas podem adotar. A seguir, vamos mostrar algumas delas:

1 – Investir em segurança e saúde do trabalhador

Existem as obrigações legais relacionadas à saúde e à segurança do trabalhador, que devem ser cumpridas por absolutamente todas as organizações, inclusive aquelas que fazem impressão de cardápios.

No entanto, também existem ações voluntárias voltadas a esse setor, que se configuram como responsabilidade social.

Uma das maneiras de fazer isso é promovendo um ambiente de trabalho mais seguro, que garanta mais saúde aos profissionais e qualidade de vida no dia a dia de trabalho.

Dessa forma, além de promover um ambiente agradável para os colaboradores, a organização zera os índices de acidente, aumentando a produtividade.

2 – Integração da comunidade

As empresas fazem parte da sociedade, e seu principal papel é gerar emprego e renda. Do mesmo modo, elas podem promover uma aproximação maior com as pessoas, por meio de ações de integração.

Uma maneira de fazer isso seria uma fabricante de rótulos biodegradáveis realizar um evento cultural gratuito na cidade onde está instalada.

3 – Reduzir impactos ambientais

Existe uma frase que norteia as ações das empresas socialmente responsáveis: “pensar globalmente, agir localmente”. Com isso, adotam-se posturas simples, mas que reduzem drasticamente os impactos negativos sobre o meio ambiente.

Exemplos disso são a redução do consumo de água, papel e energia elétrica, além de diminuir os insumos usados para a fabricação de produtos.

4 – Promover direitos humanos e inclusão social

As empresas não devem focar apenas no lucro. Nós sabemos que ele é importante para a sobrevivência do negócio, mas sendo parte de uma sociedade, é preciso ir além.

Uma estratégia para isso é detectar as necessidades do local onde a empresa está localizada. Por exemplo, uma empresa pode notar um grande número de idosos e oferecer gratuitamente aula de musculação para terceira idade.

Outra forma é oferecendo cestas básicas para famílias carentes, cursos de idioma e informática gratuitos para adolescentes, dentre outras ações.


Vantagens para a imagem da empresa

Qualquer pessoa ou organização que beneficie a sociedade ou o meio ambiente recebem em troca inúmeras vantagens para a sua própria imagem.

Ela passa a ser mais reconhecida e melhora a sua imagem junto ao público, o que beneficia sua reputação, o bem mais precioso que uma marca pode ter.

Dessa forma, se a empresa construiu uma escola de recreação infantil para uma comunidade carente, precisa dividir isso com a sociedade por meio de plataformas, como suas redes sociais e o próprio site.

É dessa forma que ela consegue expandir o alcance de suas ações e mostrar a sua preocupação perante as questões sociais.

O poder de vendas da marca também aumenta, uma vez que o consumidor moderno está sempre atento àquelas que demonstram responsabilidade social.

Segundo um estudo realizado pela Nielsen, 45% dos consumidores são preferência para marcas comprometidas com a sociedade e a natureza. Por esse motivo, tais ações agregam valor ao produto ou serviço.

O relacionamento com os colaboradores também melhora, uma vez que os funcionários têm conhecimento de que a organização possui uma boa imagem e que seu trabalho contribui para a construção de um mundo melhor.

Para engajar ainda mais os profissionais e melhorar ainda mais sua imagem, uma empresa pode fazer a restauração da fachada de uma creche com a ajuda dos colaboradores voluntários.

Além de fazer o bem para as crianças que frequentam, desperta nos colaboradores que se voluntariam o espírito de equipe e o quanto eles podem ser úteis para a sociedade, fora de seu ambiente de trabalho.

Além de que, uma empresa que faz todo esse trabalho, adquire uma imagem muito melhor do que a da concorrência. Dessa forma, os consumidores passam a confiar muito mais nelas do que nas outras, mesmo que ofereçam um produto ou serviço melhor.

Responsabilidade Social melhora reputação das empresas

Por que ter responsabilidade social?

Ao longo do texto, você compreendeu o que é responsabilidade social e o que ela representa para organizações de todos os nichos.

O primeiro ponto que justifica essa ação é a preferência do público pelas marcas que têm comprometimento com a sociedade e o meio ambiente.

A segunda razão é que empresas éticas, sérias e que beneficiam a sociedade e o meio ambiente, são muito mais competitivas em seu mercado do que as demais.

Dessa forma, boas práticas de responsabilidade social são a base para construir uma marca sólida e que tenha condições de competir com sua concorrência.

Por fim, mas não menos importante, uma das razões para ser responsável social e ambientalmente é fazer do mundo em que vivemos um lugar melhor.

As organizações têm alto poder financeiro e moral de interferir em questões sociais, por isso, são capazes de combater problemas como o trabalho infantil, promover a igualdade, ofertar oportunidades a portadores de deficiência, entre outras possibilidades.

Dessa forma, as organizações são instituições com grande poder de melhorar a sociedade em que vivemos, tornando-a mais justa e igualitária.


Conclusão

É importante entender sobre a necessidade da responsabilidade social por parte das empresas, afinal, ações como essas melhoram as pessoas, a comunidade e a própria organização.

No entanto, não devemos nos esquecer de que as pessoas também precisam ser responsáveis socialmente, colaborando com as práticas promovidas pelas organizações responsáveis.

Com isso, construímos uma sociedade mais preparada para enfrentar seus próprios problemas, melhorando continuamente e proporcionando um espaço muito melhor para todos os seus membros.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


2 thoughts on “Responsabilidade social: o que é e como ela influencia na imagem da sua empresa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.