Evitar erros na entrevista de emprego
Carreira Profissão TI

5 erros a se evitar durante uma entrevista de emprego.

Erros na entrevista de emprego são normais, ainda mais para o candidato inexperiente e pouco preparado. Conheça os 5 maiores erros e como evitá-los.


É sabido que é necessário que um profissional realize uma entrevista de emprego para conquistar um espaço no mercado de trabalho. É por meio dela que os candidatos têm uma oportunidade de apresentar suas qualificações para uma empresa.

O problema é que, para muitas pessoas, o momento da entrevista pode ser tornar um tormento e ser até um tanto desgastante: há quem sofra dias ou horas antes e acaba se prejudicando por conta do nervosismo.

A primeira coisa a se pensar é que esse processo é necessário e que o profissional também pode avaliar a empresa, ao mesmo tempo em que está sendo avaliado.

É preciso acabar com essa ideia de que apenas o candidato é avaliado, pois ele também pode conhecer melhor a vaga e a empresa, podendo não se interessar, por não ser o que ele procura.

Com isso em mente, já fica mais fácil participar de uma entrevista mais confiante e seguro de si. Afinal, ter autoconfiança é importante em qualquer momento da vida, especialmente em um processo seletivo.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre as entrevistas de emprego e mostrar como melhor se preparar. Confira!

Entrevista de Emprego estressante

Por que as entrevistas podem ser tão estressantes?

Você sabia que existem pessoas que desistem de concorrer à determinadas vagas de emprego porque têm medo do estresse que uma entrevista pode causar?

Essa situação é relativamente comum e as causas apontam para a concorrência acirrada do mercado de trabalho que temos hoje.

Seja para trabalhar em uma escola de recreação infantil ou em qualquer outra empresa, as entrevistas de empregos são um processo natural pelo qual todo profissional tem de passar para preencher uma vaga.

Isso porque organização nenhuma vai contratar um profissional que não conhece, sem saber suas experiências, formação, qualificações e um pouco de seu comportamento.

No entanto, existem alguns fatores que transformam esse momento natural em algo muito estressante. Exemplo disso são as expectativas criadas pelo próprio candidato em relação à vaga.

Salário, benefícios, as atividades e a organização em si criam na cabeça do pretendente uma série de expectativas que envolvem qualidade de vida, família, saúde e até status social.

Outro ponto que influencia bastante é a própria necessidade que a pessoa tem de trabalhar. Estamos vivendo uma fase em que existem quase 13 milhões de pessoas desempregadas no Brasil.

Além da pressão aumentada por conta dos concorrentes, essa situação coloca as pessoas em uma posição frágil, com família para sustentar, contas a pagar e a sensação de exclusão.

Com isso, empresas de todos os nichos, desde gráficas que fabricam envelopes pequenos até as maiores multinacionais, têm nas mãos o poder de escolha.

Dessa forma, os profissionais enxergam que, mesmo que sejam muito bem qualificados, a concorrência é grande, o que aumenta a pressão psicológica.

Por falar nisso, é comum momentos antes da seleção, nos depararmos com candidatos mais preparados, o que frustra muitas pessoas e aumenta a carga de estresse durante a entrevista.

Durante as dinâmicas em grupo e processos coletivos, obviamente, candidatos com mais estudo, experiência e desenvoltura tendem a se sobressair, o que chega a desanimar algumas pessoas que não têm o mesmo preparo.

A falta de experiência é outro fator que domina neste momento. Candidatos mais jovens ou aqueles que buscam seu primeiro emprego se sentem pressionados nesses momentos, com medo de não serem contratados.

A exigência por parte de algumas empresas para que as pessoas tenham experiência, acabam afastando e amedrontando os futuros profissionais com potencial e vontade de crescer.

Todos esses fatores geram muito estresse e ansiedade nos candidatos, independentemente da vaga que pretendem ocupar, como um garçom de buffet. No entanto, para evitar esses transtornos, a seguir, vamos falar um pouco sobre os erros mais comuns nas entrevistas.

Sites e Aplicativos para criar Currículos
Como evitar os principais erros na entrevista de emprego?

Erros mais comuns durante uma entrevista

O estresse, ansiedade e nervosismo que algumas pessoas sentem antes de um processo seletivos podem levá-las a cometer alguns erros. Dentre os principais, estão:

1. Decorar respostas

Ir a uma entrevista com respostas decoradas para as perguntas do recrutador é um erro grave que deve ser evitado.

Nós sabemos que algumas perguntas são feitas por todas as empresas, desde uma loja de roupas até uma escola de aula de jazz dance iniciante.

O ideal é respondê-las de maneira espontânea e naturalmente, mesmo que você repita o mesmo que disse em uma entrevista anterior. Mostre sinceridade e não fale como se tivesse decorado um script.

2. Falar mal de empregos anteriores

Não falar bem de empresas que você já trabalhou, até mesmo de ex-patrões e colegas de trabalho, é uma falha que pode ser mal interpretada pelo recrutador.

Isso demonstra falta de ética e profissionalismo. Caso precise exemplificar uma experiência negativa que vivenciou, fale de maneira natural, sem apontar culpados ou demonstrar rancor.

3. Não fazer perguntas

Algumas pessoas pecam pelo excesso de preparo, e não ter perguntas para fazer é um exemplo disso. Toda organização acredita que candidatos que fazem algumas perguntas estão realmente interessados na vaga.

Por exemplo, se você está se candidatando para uma posição de trabalho em uma gráfica, e tem curiosidade sobre algum processo, como impressão digital colorida, pergunte a respeito.

Se quiser saber mais sobre as atividades, benefícios e a rotina do lugar, também pode questionar. Selecione as perguntas mais importantes, fazendo-as sem exagero e com naturalidade.

4. Não ser honesto

A falsidade é um dos erros crítico que uma pessoa pode cometer durante uma entrevista de emprego. Exemplo disso é se descrever de uma maneira e ser de outra. Acredite: no dia a dia, isso será notado.

Tentar responder uma pergunta que não sabe também é ruim para a imagem do candidato. Por isso, seja honesto. Se não souber, diga, com educação, que desconhece o assunto.

5. Elogiar-se o tempo todo

Em toda organização, desde um escritório de contabilidade até uma empresa que faça calendário com espaço para escrever, um dos aspectos mais importantes em um profissional é a humildade.

Candidatos que se gabam do princípio ao fim e tiram vantagem em cima dos demais por conta de suas experiências ou formações, destroem a própria imagem.

É fundamental reconhecer suas próprias qualidades, mas isso não significa se sentir superior aos demais.

Escolhido em uma entrevista de emprego
Evite os principais erros na entrevista de emprego e conquiste a sua vaga.

Como se preparar e evitar os principais erros na entrevista de emprego?

Agora que você já conhece os principais erros, abaixo, vamos dar algumas dicas para você se preparar melhor e se destacar de maneira positiva durante os processos seletivos.

De qualquer forma, lembre-se que ser reprovado é natural e que ninguém é aprovado em 100% das entrevistas que faz.

O primeiro passo para se preparar, é arquitetar as perguntas mais frequentes, que podem ser feitas por uma empresa de segurança bancária ou qualquer outra. Algumas delas são:

  • Quais são seus pontos fortes e fracos?
  • Por que você quer trabalhar aqui?
  • Por que devo contratar você?
  • Como você se imagina daqui a alguns anos?

Estas questões não são simples e triviais como parecem, e respondê-las de última hora é mais difícil. O ideal é pensar bem a respeito de ambas para responder com sinceridade e espontaneidade.

O segundo passo é entender sobre a empresa para a qual você está se candidatando. Que tipo de empresa é? Qual seu ramo de atuação? Você conhece sua história?

Para responder a essas perguntas, entre no site da organização e estude um pouco sobre ela. Você não precisa entender mais do que o gestor, apenas tenha informações suficientes para se sentir mais preparado.

Por último, prepare o seu storytelling, pois seja um buffet de festas de 15 anos ou qualquer outra organização, certamente o recrutador vai pedir que você fale um pouco mais sobre você mesmo.

Conte sua história de maneira que faça sentido, por isso, pense a respeito da sua trajetória, os lugares que trabalhou ou estudou, bem como o que gosta. Esses pontos podem ser abordados por 5 minutos e são capazes de agradar o responsável pelo recrutamento.

Neste momento, é essencial ter em mente que o que vale é ser você mesmo, pois dessa forma, é possível demonstrar transparência e trabalhar melhor seu próprio potencial.


Conclusão

A vida profissional é uma importante realização para qualquer pessoa. O trabalho nos traz crescimento, qualidade de vida, dignidade e oportunidades melhores.

É a base para a sobrevivência para todos os indivíduos, além de ser uma necessidade que não pode ser deixada de lado. Quando estamos trabalhando, tudo tem um significado melhor e nos sentimos mais úteis para a sociedade.

A entrevista é só mais um passo nesse processo de conquistas, tão importante para a nossa vida. Por isso, mantenha a calma e aja naturalmente. Todos passam pela mesma situação e conquistam uma vaga, e com você não será diferente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.